} .Header { text-align: center; } -->

09 fevereiro, 2012

Palavra do dia !



VERSÍCULO:
   “Ai daquele que obtém lucros injustos para a sua casa,para pôr seu ninho no alto e escapar das garras do mal!”     -- Habacuque 2:9 

PENSAMENTO:
   No nosso mundo de concorrência, na nossa corrida para chegar ao topo e deixar todos os nossos rivais para trás, Deus diz a todos nós “ai de vós!” Ele nos manda parar e entender que os valores de Reino são diferentes dos valores do mundo – que não há sucesso sem serviço. Ele também nos avisa que nos levará a ruína se ignorarmos seus valores nos colocando acima do bem-estar dos outros, ou buscando nosso próprio sucesso às custas da nossa ética.


ORAÇÃO:
   Deus Gracioso, poderoso e justo, por favor, fortaleça-me para que eu resista à tentação de explorar, de ser desonesto, de mentir para subir. Querido Pai, eu verdadeiramente quero ser uma pessoa de integridade, caráter e bênção. Por favor, ajude-me a ver qualquer duplicidade em meu coaração e a tratar os outros com graça, assim como o Senhor me trata tão graciosamente. No nome de Jesus eu oro.

Evangélicos Não Convertidos

SER EVANGÉLICO, ou melhor, freqüentar igrejas evangélicas continua sendo uma boa opção para muitos. O termo “protestante” está em desuso. Os evangélicos não convertidos ou num lento processo de libertação, que tentarei identificar, odeiam protestar contra qualquer coisa. Quais suas principais características?

Sabem que possuem um conhecimento superficial da Palavra, mas nada fazem para superar essa deficiência. Às vezes, se mostram curiosos por conhecer detalhes da Bíblia - “Quantos anos viveu Moisés?”; “Por que Deus não prende logo satanás e seus anjos?”- mas longe estão de pesquisar e meditar. 

 
São facilmente manipulados pelas seitas; são propensos a acreditar no “outro evangelho”; não conseguiram se libertar da idolatria da igreja tradicional; trocaram as imagens pelos amuletos: um lençol, um cajado, um punhado de sal, um copo dágua.

Mudam com freqüência de igreja. Procuram uma que se adapte ao seu modo de pensar e agir.

São pouco dados à contestação de desvios doutrinários. Alegam que devemos respeitar as opiniões dos outros. Para os pecados, alegam que todos somos pecadores, que ninguém pode atirar a primeira pedra, que Deus conhece nossas fraquezas: “Ele sabe que sou fraco”. São desculpas para o pecado consciente e continuado.
 
Por não conhecerem a Palavra, não dão o devido valor à defesa dos princípios cristãos, dos valores éticos e morais. Fogem a essas discussões: “Todo mundo faz”; “cada um por si e Deus por todos”; “vivo a minha vida, dou esmolas, vou à igreja aos domingos, dou minha oferta”. Nem fedem, nem cheiram.

Raramente participam dos trabalhos da igreja. Não evangelizam, não freqüentam círculos de oração, não louvam, não pregam, não freqüentam escolas bíblicas.

O nome “evangélico” soa muito bem em seus lábios. Esse vocábulo tem uma sonoridade toda especial. De quando em vez, artistas do rebolado e figuras televisivas se apresentem ostentando a bandeira evangélica.

Satisfazem-se em saber que a mulher do governador é evangélica; o prefeito é evangélico; o deputado tal é evangélico, mas evitam o “desgaste” de afirmar que sua auxiliar doméstica é evangélica. Esta não é sua irmã em Cristo. Não freqüentam a mesma igreja, a igreja da elite. Dizer que o camelô da esquina é seu irmão de fé? Nem pensar.

“Este povo honra-me com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim” (Mt 15.8). “Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade” (1 Jo 3.18).

Autor: Pr. Airton Evangelista da Costa | Divulgação: estudogospel.com.br |

08 fevereiro, 2012

Diretor da CBF proíbe cultos na concentração da Seleção Brasileira

O polêmico Andrés Sanchez, presidente licenciado do Corinthians, e atual diretor de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), concedeu entrevista ao jornal Folha de S. Paulo e ao site UOL para falar de suas novas tarefas. Entre diversos assuntos abordados, Sanchez deu uma declaração o tanto quanto polêmica: não vai mais permitir cultos religiosos nas concentrações da seleção Brasileira.


Mesmo contrariando uma prática religiosa que já existia antes de sua chegada à instituição (em face dos inúmeros atletas evangélicos que já passaram pela Seleção Brasileira), o diretor disse que a fé é uma questão pessoal e enfatizou: “Culto, não vai ter. Se quiser, vai rezar no seu quarto”.
Andrés disse não concordar com concentração, mas entende que ela é importante. E acredita que a “Seleção não é igreja”, transparecendo não mais permitir a entrada de pastores.

Ele sustenta que a decisão foi tomada porque na Copa do Mundo de 2010, Jorginho, auxiliar técnico de Dunga, organizava cultos religiosos na concentração brasileira durante a Copa da África do Sul.

O cartola argumentou que os cultos, assim como qualquer atividade paralela ao propósito, atrapalham o objetivo da concentração. “Antigamente, eram as mulheres. Depois, veio o baralho, e depois a religião. Hoje, tem a internet”, disse Sanchez.


Fonte: Veja.Com | Divulgação: Midia Gospel

07 fevereiro, 2012

Os Dois Lados Errados

Imagem|Foto - Os Dois Lados Errados - Estudo Biblico | Midia Gospel

Sem dúvida, os últimos três capítulos do livro de Juízes contam uma das histórias mais feias de toda a Bíblia. É um exemplo de como os pecados de pessoas que desrespeitam a vontade de Deus podem causar danos graves para elas mesmas e muitos outros.

 
Um casal de viajantes, acompanhado por um servo, parou uma noite na cidade de Gibeá, que pertencia à tribo de Benjamim, uma das doze tribos de Israel. Um homem velho na cidade abriu sua casa e ofereceu hospedagem para eles. Mas alguns homens da cidade chegaram a insistir que este senhor entregasse seu hóspede, com intenção de abusar sexualmente o homem que visitava sua cidade. Este homem não queria ser estuprado por outros homens e, para evitar esta violência contra sua pessoa, ele lhes entregou sua concubina! Estes homens de mau caráter estupraram a mulher durante a noite. No dia seguinte, o homem encontrou o corpo dela na frente da casa.

O viajante, indignado por causa desta violência contra sua concubina, convocou a nação de Israel para exigir justiça. Os outros benjamitas recusaram entregar os culpados, e uma guerra começou. Nos primeiros dois dias de batalha, as tribos que se consideravam justas perderam 40.000 homens, mais do que todos os soldados de Benjamim! Depois das derrotas dos primeiros dois dias, os israelitas ficaram confusos. Por que Deus deixou as tribos “justas” sofrerem tanto? Não foram os benjamitas que cometeram o crime horrível? Não entenderam as suas derrotas. Foi somente no terceiro dia que os benjamitas perderam, sendo quase aniquilados no campo de batalha.
 
Neste caso, nosso privilégio de olhar para todo o contexto pode nos ajudar a compreender o que aconteceu. Sem dúvida, alguns benjamitas cometeram um crime terrível, e outros da tribo erraram em protegê-los da merecida justiça. Mas o homem que entregou a mulher para ser estuprada e morta não errou também? Ele não deveria ter protegido a mulher, até colocando a própria vida em risco para cuidar dela? Se os israelitas tivessem apurado todos os fatos antes de entrar no campo de batalha, talvez a justiça poderia ter sido aplicada sem tantas mortes. Tanto o homem que entregou a mulher como os homens que a estupraram e mataram teriam sido condenados por seus atos. Mas, sem se importarem com todos os fatos, os homens das outras tribos precipitaram e pagaram um preço alto nas batalhas.

Hoje, algumas pessoas acham que, em qualquer conflito, os dois lados estão errados, o que não é sempre verdade. Às vezes, há uma parte justa e outra parte culpada. Mas na guerra que levou à morte de 40.000 israelitas e 25.000 benjamitas (quase acabando com a tribo de Benjamim), as duas partes estavam erradas.
 
Esta história é uma maneira dramática e trágica de nos lembrar da importância de sermos justos. Seja uma mãe cuidando dos seus filhos pequenos, um professor resolvendo um problema entre alunos, um juiz mediando uma disputa entre cidadãos ou irmãos em Cristo tentando resolver um problema numa igreja, o mesmo princípio se aplica. Precisa ouvir os dois lados da história e avaliar os fatos com imparcialidade.

Quando alguém se queixa de outro, lembre-se do princípio de Provérbios 18:17 – “O que começa o pleito parece justo, até que vem o outro e o examina”. Se ouvir apenas um lado da história, pode ser movido por compaixão e amizade a concordar com a pessoa que traz a queixa. Mas quando ouvir o outro lado, sua opinião pode mudar. No mesmo capítulo de Provérbios, encontramos mais um princípio fundamental para compreender e até resolver problemas entre pessoas: “Responder antes de ouvir é estultícia e vergonha” (Provérbios 18:13). Quando você se envolve com os problemas dos outros, tentando ajudá-los, procure sempre ouvir para ter certeza dos fatos, e sempre ouça os dois lados da história!
 
| Autor: Dennis Allan | Divulgação: estudogospel.com.br |

Ministério Público investiga desvio de R$ 20 milhões em dízimos da Igreja Maranata

A possibilidade de desvio de dízimos e ofertas dos fiéis da Igreja Maranata, em um valor que pode chegar até R$ 21 milhões, gerou uma investigação interna da direção da igreja, que se tornou uma ação na Justiça, com participação do Ministério Público.

Segundo dados coletados pela investigação, os valores desviados eram depositados em contas correntes para pagamento de cartões de créditos, quitação de prestação de carros, condomínios e equipamentos. Os envolvidos na investigação e afastados das funções são o vice–presidente da denominação, Antonio Ângelo Pereira dos Santos e o contador, Leonardo Alvarenga. Essa ação específica, movida pela igreja, visa o ressarcimento de R$ 2,1 milhões.

Há depoimento de fiéis que afirmaram terem sido enviados ao exterior para contrabandear equipamentos eletrônicos: “Fui um dos muitos fiéis que transportaram os equipamentos do projeto de videoconferência dos Estados Unidos para o Brasil. Fui usado como mula. Só no ano passado, foram três viagens. Trazia-os em minha bagagem, escondidos no meio das roupas. Nunca foram descobertos pela Alfândega. Após ganhar a confiança dos pastores, fui convidado pelo vice-presidente, Antônio Ângelo Pereira dos Santos, no final do ano passado, para uma outra viagem. Só que desta vez deveria levar US$ 10 mil, valor máximo permitido para entrada nos Estados Unidos, e entregar a um outro pastor. Nesse dia, percebi que algo estava errado e o questionei sobre a legalidade das ações do Presbitério. Não aceitei levar os dólares e fui comunicado de que seria expulso de todos os trabalhos dentro da igreja”, afirmou um dos fiéis em entrevista à CBN.

Em relação aos desvios, um dos funcionários da igreja afirmou em depoimento que era orientado a destruir os recibos das despesas não autorizadas: “Fui orientado pelo Antônio Ângelo e pelo Leonardo a destruir todos os documentos, recibos e depósitos que não passavam pelo caixa central do presbitério para não cair em nenhum tipo de fiscalização”.

Há também indícios de desvio através da emissão de notas frias por parte de fornecedores da igreja. Em um trecho da ação, a igreja afirma que “pagou um total de R$ 941 mil em notas fiscais que não correspondem a mercadorias efetivamente entregues”.

Todas as informações coletadas pela igreja em sua investigação interna foram repassadas para uma auditoria externa, antes que a ação fosse movida. A auditoria emitiu um relatório preliminar confirmando as suspeitas: “Elementos obtidos (…) são contundentes quanto à ocorrência de fraudes e desvios perpetrados pelo vice-presidente e o contador”, diz o relatório, que foi incluído na ação judicial para reaver os valores.

Depoimentos de funcionários da Igreja Maranata, uma das que mais crescem no país, dão conta de que temendo investigações, os acusados ordenaram a destruição de dados armazenados nos computadores da igreja. “Os HDs foram corrompidos. Programas de envio de relatórios fiscais por internet (Receitas Federal e Estadual) foram apagados”, constata o relatório.

Fonte: Gospel+

Pastor Dr.Hollywood : Fiéis lotam igreja em busca de 'lipoaspiração divina' através da oração. Pastor garante ter feito mulher perder 100 quilos


Fiéis em busca de perda de peso tem procurado a “lipoaspiração divina”, em Cariacica, no Espírito Santo. O pastor César Peixoto tem atraído pessoas à Igreja Casa da Bênção, com a promessa de que após sua oração, perderão até 15 quilos em meia hora.

Aos gritos de “pessoas obesas sejam curadas!”, o pastor Peixoto ora por todas as pessoas que se dirigem ao altar desejando perder peso e afirma fazer isso há bastante tempo: “Oro pelos doentes há mais de 20 anos e vi coisas incríveis acontecerem. Vi gente entrando no culto de cadeira de rodas e ir embora andando. Há 20 anos faço a lipoaspiração divina com os meus seguidores. Tudo começou com uma vigília… Foi ali que percebi que, quando eu orava, todas as pessoas dormiam e quando acordavam, percebiam que as roupas estavam mais largas”, conta o pastor César Peixoto.

Ele afirma ainda que houve um caso de uma mulher que chegou a perder 100 quilos após suas orações: “Tem um caso que nunca esqueço. Tinha uma mulher que morava em Linhares e pesava 200 quilos. Com a oração ela conseguiu controlar a fome que sentia e começou a emagrecer. Durante seis meses, ela emagreceu 100 quilos. Obesidade é doença”, afirma o pastor, em entrevista ao jornal capixaba “A Tribuna”.

Fiéis relataram sua intenção de perder peso e confiar nas orações do pastor: “Vim para o culto com outro objetivo, mas gostei do que vi. Pretendo voltar mais vezes para pedir outras bênçãos e quem sabe conseguir emagrecer”, afirma a psicopedagoga Vanessa Corteletti, que foi ao culto buscar oração para a cura de uma dor no braço e aproveitou a “lipoaspiração divina”.

Outra fiel, Rosalina, afirma que embora não tenha emagrecido, sentia-se leve: “Senti uma dormência nos pés, uma paz muito grande. Não senti muita diferença no meu manequim, mas fiquei muito surpresa com o procedimento. Acredito que das próximas vezes já terei um resultado. Foi uma bênção ter vindo aqui hoje”. Já a comerciante Sandra Santos garantiu ter perdido peso durante a oração: “Na hora da oração, me senti leve e dormi profundamente. Cheguei até a deitar no chão. Quando acordei, vi que a minha bermuda não estava mais apertada”.

Há quem busque nas orações de Peixoto objetivos mais específicos. A comerciante Cátia Oliveira, fiel freqüentadora há dez anos dos cultos de cura espiritual, deseja ter os seios reduzidos e garante já ter sido curada de câncer: “Posso garantir que tudo o que acontece no culto é verdadeiro. Já tive um câncer curado pela fé e acredito que vou conseguir ter meus seios menores”.

Casos de pastores que prometem emagrecimento instantâneo através da oração não é uma novidade no meio evangélico. Em 2008, fiéis eram atraídos à Igreja Evangélica Ministério Brilho do Sol, no bairro Santa Lúcia, em Duque de Caxias, no Rio de Janeiro, por panfletos distribuídos pelo pastor Ubiraci Xavier, que prometia a perda do peso extra através da fé. Na época, o pastor foi criticado pelo pastor Sérgio Seimanavicius, presidente estadual da Convenção das Assembléias de Deus e Igrejas Coligadas: “Isso não existe”.

No Youtube, há um vídeo de um culto em que as pessoas dirigem-se ao altar para emagrecerem através da oração do pastor Paulo Teles, conhecido como “Pastor Dr. Hollywood”. Assista abaixo:

Vídeo Oração que Emagrece até 100 KG


Fonte: Gospel + | Divulgação: Midia Gospel

06 fevereiro, 2012

Macumba Evangélica

O post abaixo eu li em um determinado site e tomei a liberdade de  copiar para o blog. Mostra a realidade das igrejas e determinados pastores. Peço que leiam com atenção e se concordam ou discordam !



Em Hebreus 11:1 está escrito: “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem”. Como podemos ver no versículo anteriormente citado, ter fé não significa crermos em algo que possamos ver; pelo contrário, fé é sabermos que Deus existe, mesmo sem podermos vê-Lo. Quem tem fé, não necessita ver a Deus para crer Nele. Com base em tudo isto, podemos chegar a seguinte conclusão: NÃO NECESSITAMOS DE ALGO MATERIAL E PALPÁVEL PARA TERMOS FÉ, POIS, FÉ É CRERMOS EM ALGO INVISÍVEL AOS NOSSOS OLHOS – NÃO VEMOS A DEUS, MAS CREMOS QUE ELE EXISTE.

Em Romanos 10:17 está escrito: “Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo”. Este versículo demonstra qual é o instrumento utilizado por Deus para despertar no coração humano: as Escrituras Sagradas, pois, a fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus. Com base nisso, chegamos à outra conclusão: A PALAVRA DE DEUS É PODEROSA O SUFICIENTE PARA DESPERTAR A FÉ NO CORAÇÃO HUMANO. NÃO NECESSITAMOS DE “OBJETOS UNGIDOS” PARA QUE A FÉ DE ALGUÉM POSSA SER DESPERTADA.

Em Isaías 42:8 está escrito: “Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não a darei, nem o meu louvor às imagens esculpidas”. Observem, irmãos em Cristo, Deus não divide a glória Dele com ninguém, pois, somente Ele é digno de ser glorificado. O homem pode ser honrado e exaltado, mas somente Deus é digno de ser glorificado: Ele é o Senhor. Deus não admite que o louvor, que deve ser dado somente a Ele, seja direcionado a objetos ou a imagens esculpidas. Daí, atribuir glória a um objeto, seja ele qual for, está errado, pois, todo poder e glória pertencem somente a Deus. NÃO EXISTE ESTE NEGÓCIO DE AMULETOS, TALISMÃS OU “OBJETOS UNGIDOS” QUE SOLUCIONAM PROBLEMAS ALHEIOS; ISTO É UM ÊNGODO, PARA NÃO DIZER UM GRANDE PECADO.

Em Atos 19:11-12 está escrito: “Deus fazia milagres extraordinários por meio de Paulo, tanto que as pessoas pegavam lenços e aventais e os levavam para os doentes tocarem” (NTLH). O versículo acima nos permite, ao menos, chegar a cinco conclusões:

1 – Quem fazia os milagres era Deus e não os lenços e aventais usados por Paulo “…Deus fazia milagres extraordinários…”

2 – Paulo não distribuiu os seus próprios lenços e aventais, foram às pessoas que pegaram estes lenços e aventais. O apóstolo Paulo nunca fez apologia aos chamados “objetos ungidos”.

3 – O apóstolo Paulo não cobrava pelos lenços e aventais, nem tampouco pelos milagres realizados por Deus através dele.

4 – Paulo não atribuiu poderes miraculosos aos seus lenços e aventais; era Deus quem operava os milagres.

5 – este fato não constitui uma doutrina a ser seguida; Deus, através deste episódio, não está nos ensinando a buscarmos “objetos ungidos” sempre que tivermos um problema: A FÉ TEM QUE ESTAR VOLTADA A DEUS E NÃO A UM OBJETO QUALQUER.


Infelizmente, amados irmãos, a realidade de grande parte das igrejas evangélicas brasileiras é muito preocupante. Falsos pastores estão se apoiando em textos bíblicos isolados, fora de contexto, para “justificarem” o comércio de uma grande lista de bugigangas, que a meu ver, não passam de MACUMBA EVANGÉLICA, tais como: água ungida, cajado ungido, caneta ungida para passar em concursos públicos, lenço ungido, martelos, meias, chaves ungidas, água do rio Jordão, azeite ungido e etc, etc, etc… Todas as supostas facilidades obtidas através destes “objetos ungidos” está levando a igreja para longe da presença de Deus, pois, permite:

- a exploração financeira, obtida através do desespero de quem necessita de uma cura, libertação ou uma benção da parte de Deus, pois, toda esta macumbaria sai caro: recentemente, um líder de uma das igrejas evangélicas no Brasil, ofereceu uma “água ungida”, que segundo ele, um só pingo desta água resolveria todos os problemas da vida de uma pessoa. O detalhe mais importante a respeito disto é que se alguém quisesse adquirir esta “água ungida”, ela teria de desembolsar o valor de mil reais. QUE EXPLORAÇÃO DESCABIDA DO DESESPERO HUMANO…QUE ABSURDO.

- Analfabetismo espiritual, pois, os cristãos estão aprendendo a honrar mais a criatura (cajados, lenços, etc) do que o Criador.

O engraçado em tudo isto é que o apóstolo Paulo nunca cobrou pelos seus lenços e aventais, nem tão pouco pelos milagres realizados através dele; já os “ungidos do Senhor” (pastores, bispos, apóstolos) cobram e cobram caro pelos seus “objetos ungidos e abençoados”.

Tudo isto é uma vergonha. O pior de tudo isto é o seguinte: criticamos com tanta avidez os católicos por causa dos seus crucifixos, mas, na realidade, estamos fazendo muito pior do que eles. Eu não tenho nada contra os católicos, que isto fique bem claro…eu somente quero salientar a HIPOCRISIA de muitas igrejas evangélicas, que criticam o crucifixo dos católicos, mas acabam adotando objetos muito piores, como meias ungidas…é isso mesmo, meias ungidas.

Será que o povo evangélico no Brasil não consegue enxergar ou não enxergam por que não querem? Será que a igreja evangélica brasileira (ao menos grande parte delas) escolheu honrar mais o homem (pastor, bispo, apóstolo) do que a Deus?

Esta macumbaria evangélica dentro da igreja tem que acabar… Até quando este “tristemunho” vai continuar? Desperta igreja… Chega de tanta passividade… Está na hora de darmos um bom testemunho, exigindo a pureza doutrinária por parte de nossos pastores. Ou eles mudam de atitude ou teremos de escolher de pastores… do jeito que tá não dá para continuar…

Pensem em tudo que foi escrito neste estudo e tire as suas próprias conclusões… Que Deus os abençoe e até o próximo estudo.



SERÁ ? Em depoimento na Igreja Universal, demônio afirma ter derrubado os prédios no centro do Rio de Janeiro

O blog do bispo Edir Macedo divulgou um vídeo de um culto da Igreja Universal do Reino de Deus em que um pastor realiza uma sessão de exorcismo, e uma mulher supostamente possuída afirma que haviam “muitas almas naquele prédio e eu levei”.

O espírito referia-se aos prédios que desabaram no centro do Rio de Janeiro. A afirmação acontece no instante que o pastor orienta os fiéis a cuidarem de suas almas. “Tinha alma naquele prédio (ao fundo, uma outra pessoa possuída, completa: ‘muitas’) que ia estar aqui hoje, e eu levei”, afirma o demônio através da mulher.

O pastor questiona se haviam entre as vítimas, ex-obreiro e ex-pastor: “Tinha. Obreiro e pastor. Ia estar aqui hoje, mas eu levei”. Tentando extrair mais informações do espírito que possui a mulher, o pastor pergunta onde estão essas pessoas: “No inferno. Tá chorado sangue. Ele pensou primeiro antes de vir aqui. Pensou muito”.

Em seu blog o bispo Edir Macedo afirma que acredita que o demônio esteja falando a verdade. Segundo ele embora o diabo seja conhecido como o pai da mentira, “sob a autoridade de quem tem autoridade, ele é obrigado a falar os fatos”, afirma. O bispo também questionou o fato de Jesus ter perguntado o nome do demônio que estava no gadareno na passagem da Bíblia em Lucas 8:30: “se ele só fala mentiras, por que Jesus perguntou o nome do demônio que estava no gadareno?”, questiona.

Assista abaixo ao vídeo do culto da IURD:



Fonte : Gospel+

04 fevereiro, 2012

Com o sucesso das lutas do UFC, igrejas evangélicas realizam campeonatos e combates dentro dos templos para evangelizar

Por causa do campeonato de lutas conhecido como UFC (Ultimate Fighting Championship), o MMA (Artes Marciais Mistas em português) é um esporte que tem atraído milhões de fãs no mundo todo e, consequentemente, no Brasil. Considerado por muitos como um esporte violento o MMA tem sido usado por diversas igrejas como forma de atrair jovens para seus templos.

Diante do sucesso do esporte e de alguns atletas evangélicos, como Vitor Belfort, algumas igrejas têm organizado campeonatos de MMA e de outras modalidades de lutas dentro dos templos como forma de atrair jovens e evangelizar. Porém essa nova moda nas igrejas também tem sido alvo de polêmicas por parte de pastores mais conservadores que consideram o esporte impróprio para cristãos por causa da violência.

Mas as críticas não impedem que ocorram a cada dia mais eventos desse tipo nas igrejas. Grandes denominações já promoveram lutas e até mesmo campeonatos dentro de seus templos, como a Renascer e a Bola de Neve. Pastores famosos, como Mark Driscoll, também estão na lista dos amantes desse esporte.

Organizador de um campeonato que aconteceu no último dia 25 na Igreja Apostólica Vida Nova da Mooca, São Paulo, o apóstolo Willy Garcia rebate as críticas: “Muitas pessoas criticam o MMA por ser um esporte violento, mas hoje ele é o esporte do momento e para nós, da igreja, é uma boa oportunidade de fazer evangelismo. Temos pessoas aqui hoje que jamais entrariam em uma igreja”.

O “Primeiro MMA Power Fight”, evento que ocorreu na igreja de Garcia, aconteceu dentro do templo, onde foi montado um octógono que recebeu 12 combates que, segundo a organização, tinham como objetivo “lutar por vidas”.

Apesar da rejeição ao esporte por parte de alguns pastores o UFC tem proporcionado a atletas cristãos uma visibilidade que eles não tinham no esporte, e as manifestações religiosas deles é constante. Essa relação entre a religião e o MMA tem sido motivo de diversas críticas, como a do jornalista João Carlos Assumpção, que questionou atletas que agradecem a Deus por suas vitórias no octógono.

Um dos mais conhecidos lutares de MMA também falou, de acordo com o The Christian Post, da relação entre o MMA e a religião: “Cristianismo e MMA são totalmente compatíveis. Um olhar superficial pode ver apenas dois homens lutando como cães enjaulados. É um esporte e as pessoas se machucam, mas não há nenhuma animosidade real contra o seu adversário. Depois de entender a história por trás os estilos, o aspecto técnico e o respeito que é inerente a este esporte, você consegue apreciar o que ele tem para oferecer”.

Fonte: Gospel+

Polêmica : Fundador de “Igreja da Maconha” afirma que Jesus operou seus milagres sob efeito da erva

O fundador da igreja da maconha, Geraldo Antonio Batista concedeu uma entrevista ao portal Uol, em que afirma que Jesus operou seus milagres sob o efeito da droga.

A Primeira Igreja Niubingui Etíope Coptic de Sião do Brasil(igreja da maconha), localizada na cidade de Americana, no interior de São Paulo, já foi alvo de uma blitz policial e seu líder, preso sob a acusação de tráfico de drogas. Após prestar depoimento, Batista foi liberado pela polícia e chegou a afirmar que a maconha era “presente de Deus”.

Na entrevista concedida, Geraldinho Rastafári, como é conhecido, afirma que a droga está presente na Bíblia: “Sabe como é o nome da cidade que eles foram? Canaã. A cidade da maconha. Ela é uma planta sagrada porque ela permeia as escrituras”, afirma Batista.

O líder da seita afirma ainda que “todos os milagres que Jesus realizou ele usou a maconha”. A seita incentiva o uso da erva durante seus cultos e Batista pretende autorização da justiça para que a plantação seja liberada, pois ele não vende a droga e compara a erva ao chá usado pelos fiéis adeptos do Santo Daime.

Fonte: Gospel+

O Sol da Justiça


"Mas, para vós que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e salvação trará debaixo das suas asas." (Malaquias 4.2)


 
Esta foi a última profecia do Velho Testamento a respeito da vinda do Messias ao mundo. Quando Jesus veio, Mateus testificou, dizendo: "O povo que estava assentado em trevas viu uma grande luz; e aos que jaziam na região da sombra da morte, a luz raiou." (Mt.4.16). Jesus é o sol da justiça.

Pensemos um pouco sobre o sol que conhecemos. Essa estrela magnífica nos ilumina todos os dias. Um único sol é capaz de iluminar todo o planeta terra, ao mesmo tempo em que ilumina outros planetas do nosso sistema. Se a terra fosse plana, ficaria toda iluminada ao mesmo tempo, mas como é redonda, tem sempre uma parte "de costas" para o sol, ficando então na escuridão. Da mesma forma, se muitos estão em trevas espirituais é porque deram as costas para Deus. Se muitos estão perdidos na maldade, na condenação, não é por culpa de Deus, nem por incapacidade divina. Está escrito: "A mão do Senhor não está encolhida para que não possa salvar, nem o seu ouvido agravado para que não possa ouvir, mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados escondem o seu rosto de vós para que não vos ouça." (Isaías 59.1-2).

 
Outra questão interessante sobre o sol é que, quando chega a noite, acendemos milhares ou talvez milhões de lâmpadas em toda parte, mas todas elas juntas não chegam a produzir uma mínima porcentagem do calor ou da luz que o sol produz. Isso nos mostra a insignificância dos recursos do homem diante da grandeza das obras de Deus. Do mesmo modo, aquele que vira as costas para Jesus procura muitas lâmpadas para se iluminar e para se aquecer. São tantos falsos deuses, tantos santos, tantos guias, tantos amuletos, tantos talismãs, tantos objetos mágicos, mas tudo isso junto não produz nada que possa substituir a presença de Cristo na vida do homem.

 
Deixe de buscar luzes artificiais. Vire-se para a verdadeira luz, o sol da justiça, Jesus Cristo, o único Salvador. Ele mesmo disse: "Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará em trevas. Pelo contrário, terá a luz da vida." (João 8.12). Iluminados por Cristo não erraremos o caminho até às nossas moradas eternas nas regiões celestiais. Aleluia!

 
Autor: Prof. Anísio Renato de Andraden | Divulgação: estudogospel.com.br |

Evangélico, o lutador Vitor Belfort se diz arrependido pelas fotos sensuais que fez com a esposa, Joana Prado, para a revista Playboy

O lutador de MMA, Vitor Belfort, deu uma entrevista na qual afirmou estar arrependido por fatos de seu passado como o ensaio sensual que fez com sua esposa, Joana Prado, para a revista Playboy e sua participação no programa “Casa dos Artistas 2”. A entrevista foi concedida à revista “Quem” dessa semana.

Belfort mora em Las Vegas com sua família desde 2009, mas mantém um apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Pai de Davi, 6 anos, Vitória, 4, e Kyara, 2, e casado com Joana Prado, que ficou famosa por causa de sua personagem “Feiticeira”, o lutador falou de seu passado e da antiga carreira de esposa: “Arrependo-me de várias coisas, por causa dos meus valores de hoje. A pessoa que não se arrepende não tem limites”, afirmou, falando sobre a participação do casal na “Casa dos Artistas” e, principalmente, das fotos sensuais que fez com a esposa para a revista masculina “Playboy”.

Vitor disse ainda não se sentir incomodado com o passado de Joana Prado como “Feiticeira”. “O passado é um cheque cancelado”, concluiu.

Questionado se sexo é permitido antes das lutas, ele disse que “amor é diferente de sexo. Sexo é um ato, desejo carnal de um homem e uma mulher. Deus fez o amor. Antes da luta, fazer amor não faz mal. Quando a pessoa se une a outra, torna-se uma só carne. Quando se faz o ato fora do amor, a pessoa carrega energia negativa, influencia a parte espiritual e emocional do cara. Graças a Deus, sou fiel a minha mulher”.

Sempre se lembrando da sua irmã Priscila, que desapareceu há oito anos, o lutador mostra que ainda tem uma ferida aberta sobre o assunto, mas tendo sua fé como pilar afirma: “Tenho esperança de que o caso um dia será solucionado e certeza de que vou encontrá-la, aqui nesta vida ou não”.

Perguntado sobre qual igreja frequenta ele foi enfático ao se afirmar como cristão: “Pertenço à igreja de Jesus. É igual a time de futebol, agora? Tem que ter uma denominação? Sou um apaixonado por Jesus, vivo os princípios do cristianismo. Quando você diz que é cristão, quer dizer que você aceitou Jesus e nasceu de novo”.

Ainda falando de sua fé, Belfort falou sobre a reação das pessoas por ele ser lutador: “As pessoas têm a tendência de achar que sou um homem perigoso. Não sou. Sou da paz. Sou de Jesus, pô”, ele ainda completou fazendo uma piada com seu cachê no UFC: “Minha força física é tão honrosa que você tem que assinar um cheque de U$ 1 milhão para lutar comigo”.

Fonte: Gospel+

Você sabia que U2, Britney Spears, Avril Lavigne, Katy Perry, Coldplay e outros começaram no meio cristão? Conheça a história deles

Diversos artistas que iniciaram suas carreiras no meio cristão, não necessariamente gravando como cantores gospel, depois de terem sua capacidade reconhecida pelo grande público aproveitaram a oportunidade e desvincularam sua arte, tida por eles como atividade profissional, de sua fé. Alguns famosos chegaram a se converter no meio da carreira, como foi o caso de Scott Trap (vocalista do Creed) e o cantor Bob Dylan, por exemplo, mas ambos já se desviaram.

Outros, com início diretamente no meio cristão, nunca vincularam sua profissão com o cristianismo, porém fazem questão de ressaltar sua confissão pessoal de fé e em alguns casos, escrevem letras assumidamente influenciadas por aquilo que acreditam. Confira uma lista de famosos artistas que começaram suas carreiras ou suas vidas, dentro do meio cristão.

A banda irlandesa U2 é formada por integrantes que se conheceram e se juntaram como músicos na igreja e suas letras transmitem mensagens espirituais baseadas no cristianismo, e já venderam mais de 150 milhões de discos. Porém, a banda sempre frisou não tratar-se de uma banda cristã, embora seus integrantes assumam o cristianismo como religião. (Assista ao U2 cantando Amazing Grace)

A cantora canadense teen Avril Lavigne, considerada hoje uma das jovens mais ricas do mundo, aos dois anos já cantava canções gospel e country e foi incentivada pelos pais, a seguir carreira. De uma família cristã de classe média, Avril abandonou os estudos aos 15 anos de idade para desenvolver sua carreira e hoje, conta com mais de 35 milhões de cópias vendidas.

Kings of Leon é uma banda formada por três irmãos e um primo, e na infância, foram proibidos por seus pais de ouvirem música secular e assistir televisão. Com a educação rígida, Leon Followill fez com que seus três filhos montassem uma banda gospel para acompanhá-lo em suas pregações por todos os Estados Unidos. Em 2000, montaram a banda com a proposta atual, foram elogiados pela crítica e público. (Documentário fala sobre o passado cristão do Kings of Leon)

Filha de um casal de pastores evangélicos, a cantora pop Katy Perry cresceu cantando na igreja e chegou a gravar um álbum gospel usando seu nome de batismo: “Katy Hudson”. Ela também fez participação na música “Goodbye for Now” da banda cristã P.O.D. Após conhecer um produtor, Katy mudou o foco de sua carreira e passou a cantar pop-rock, porém gravou três álbuns que foram cancelados antes do lançamento. Somente em 2007 conseguiu lançar seu primeiro álbum com a música “I Kissed a Girl” (Eu beijei uma garota) e alcançar as paradas de sucesso em todo o mundo.

Recentemente divorciada do ator e comediante ateu Russel Brand, afirmou que ainda crê em Deus e revelou ter uma tatuagem com o nome “Jesus”.

A formação inicial da banda Paramore contava com músicos que tiveram contato com o cristianismo durante suas vidas e formaram a banda dentro da igreja. Apesar de assumirem sua fé, afirmam que não vão pregar, pois são uma banda de rock e entretenimento. Um dos integrantes originais que abandonou a banda, Josh Farro, criticou a postura da banda afirmando que “são tão cristãos que nem parecem”. (Assista o Paramore falando sobre Jesus)

O metaleiro Alice Cooper ficou famoso por seus shows de heavy metal com sangretas performances teatrais e sua forte ligação com o álcool e drogas (chegou a comer um bolo feito de maconha), mas poucos sabem que ele é filho de pastor e neto de Apóstolo fundador de uma igreja evangélica. Além disso Alice sempre estudou em colégios religiosos e chegou a trabalhar como missionário urbano quando mais jovem. Depois de fazer parte de uma sociedade secreta patrocinada pela maçonaria, ele se converteu novamente e hoje possui e gerencia diversos trabalhos evangelísticos e beneficentes junto com sua esposa, a qual é casado desde 1976. (Notícia sobre Alice Cooper falando sobre ser cristão e dar aulas sobre a Bíblia)

Miley Cyrus ficou conhecida por estrelar a série Hannah Montana e depois, pelas controvérsias de sua carreira. Sempre alvo de especulações, foi acusada de lesbianismo, mas negou, embora apóie o casamento gay. Filha do cantor country Billy Ray Cyrus, Miley nasceu num lar evangélico, membros de uma igreja Batista. Apesar de sua carreira e polêmicas, Miley nunca se desligou de sua igreja e ainda a frequenta. (Notícia sobre o filme de Miley Cyrus sobre Deus)

Com mais de 100 milhões de cópias vendidas, a cantora Britney Spears teve uma infância religiosa, frequentando uma igreja Batista, onde aprendeu a cantar e tocar. Na adolescência foi descoberta num programa de talentos da TV norte-americana e passou a integrar a equipe da Disney. Sua carreira solo começou em 1998 e desde então, vem acumulando polêmicas em sua vida pessoal, por conta de sua depressão e incapacidade de tutela dos filhos. (Notícia sobre a ida de Britney Spears à igreja)
A banda Evanescence foi formada após seus dois fundadores, Amy Lee e Bem Moody, se conhecerem durante um acampamento para jovens promovido pela igreja que freqüentavam.

Começaram gravando álbuns caseiros e quando a banda ficou conhecida, desentendimentos separaram os dois fundadores. Desde então Amy Lee é a única integrante da formação original. Suas músicas não falam abertamente de sua fé, mas a vocalista Amy Lee, nunca negou ser cristã.

O baixista e vocalista da banda de trash metal Slayer, Tom Arraya, é chileno, filho de um diácono e imigrou com seus pais para os Estados Unidos aos cinco anos de idade. Em sua carreira artística, foi acusado diversas vezes de ser adorador de Satanás, porém, em uma entrevista, Arraya afirmou que considerava isso um erro por parte das pessoas e que acreditava que Cristo havia vindo para ensinar amor ao mundo e que as letras e a imagem da banda não poderia ser confundida com sua fé.

Justin Bieber nasceu em uma famílai cristã tradicional, durante sua adolescência alcançou o estrelato mundial com suas músicas pop. Em suas canções e entrevistas sempre falou sobre sua crença em Deus e Jesus, mas confessa não poder frequentar nenhuma igreja no momento. Recentemente o jovem fez uma tatuagem com o rosto de Jesus. (Justin Bieber fala sobre ser Cristão)

Com quase cinco décadas de carreira, Johnny Cash teve uma infância complicada e traumática. Perdeu seu irmão de forma trágica e as músicas gospel que ouvia o ajudaram a superar a perda. Após servir a Força Aérea Norte Americana, iniciou sua carreira e afundou no vício de drogas e álcool. Quando se viu impotente perante essa situação, Johnny se converteu ao evangelho após uma tentativa de suicídio e foi então apoiado por amigos e por June Carter, que se tornaria sua esposa. Nessa fase, gravou seus dois álbuns ao vivo mais bem sucedidos. Em Maio de 2003, sua esposa faleceu devido a complicações de uma cirurgia cardíaca, e quatro meses depois, Johnny também faleceu. Antes de morrer, falava sobre encontrar-se com seu irmão no paraíso.

O rei do rock, Elvis Presley, começou sua carreira cantando música gospel e com o álbum “How grat thou art” (Quão grande És Tu) chegou a ganhar um Grammy, o Oscar da música norte-americana. Famoso pelo seu estilo de dançar e por suas participações em filmes, foi muito criticado pelos cristãos de sua época, por abandonar a música gospel pelo rock. Elvis porém, sempre ressaltou sua fé em Cristo. Faleceu em 1977, sozinho em sua casa, em circunstâncias até hoje não esclarecidas totalmente. Em seu atestado de óbito, a causa da morte foi colapso fulminante associado à disfunção cardíaca. (A relação de Elvis Presley com o Cristianismo vai virar filme).

Chris Martin, vocalista e líder da banda Coldplay, também nasceu em um lar evangélico, onde o Pai era pastor e a mãe uma fiel fervorosa. Chris fala abertamente em entrevistas sobre sua fé em Jesus, nas letras do Coldplay já fez diversas referência a Deus, a Bíblia e ao paraíso, como na música “God Put a Smile Upon Your Face” (Deus colocou um sorriso no seu rosto, em tradução livre) que é de sua autoria. O vocalista também já gravou hinos de louvor como “Until Kingdom Come” (Até que o Reino venha, em tradução livre) composto por Johnny Cash pouco antes de morrer.

Fonte: Gospel+

Absurdo ! Estudantes são agredidos por seguranças da Igreja Universal por criticarem tamanho de um templo da igreja

Dois estudantes alegam terem sido agredidos por seguranças da Igreja Universal, em Araraquara (SP), por causa de um comentário que fizeram sobre o tamanho de um templo da igreja na cidade.

De acordo com a Polícia Militar os rapazes passavam em frente à igreja e um deles fez um comentário sobre o tamanho da construção. Eles afirmam ter entrado em seguida na loja de conveniência de um posto de combustíveis para lanchar quando foram abordados por dois homens que se apresentaram como funcionários da igreja e começaram discutiram com eles, chegando a agredir um deles com uma cabeçada. “Eles chamaram a gente para fora da loja e, depois, um deles me deu uma cabeçada”, conta o universitário.

Segundo o site araraquara.com o rapaz contou que ficou surpreso com o tamanho do templo que a igreja havia construído no local, por onde não passava há muito tempo por estudar em outra cidade. Ele afirma ter dito ao amigo que estava com ele: “Olha o tamanho da igreja que os cornos têm com o dinheiro do povo”.

O estudante agredido; que se assume como ateu; registrou boletim de ocorrência no plantão policial e registrou denúncia contra os seguranças do templo, que seriam também policiais militares.

A mãe do jovem, que é advogada, responsabiliza a igreja pela agressão e pretende entrar com ação judicial contra a denominação. Segundo ela uma funcionária da igreja confirmou que os homens apontados como responsáveis pela agressão fazem a segurança do templo.

A Policia Civil solicitou as imagens do sistema de segurança do posto para investigar o caso, mas as câmeras de segurança do estabelecimento não gravaram as imagens porque, segundo o dono, o sistema está com problemas técnicos.

Ninguém foi preso por causa das acusações, mas a PM afirmou que vai abrir sindicância interna para apurar as acusações aos policiais.

Fonte: Gospel+

Antes de tentar reeleição, Obama faz discurso falando de sua fé cristã e de como ela influencia suas decisões políticas

Durante seu discurso proferido na última quinta-feira (02), no National Prayer Breakfast (Café de Oração Nacional, em tradução livre), o presidente americano Barack Obama usou referências bíblicas para associar suas decisões políticas à sua fé cristã.

No evento estiveram presentes proeminentes líderes evangélicos, como o Pastor Joel C. Hunter, conselheiro espiritual de Obama, e Richard D. Land, presidente da Convenção de Ética da Batista do Sul.

Dez meses antes da eleição presidencial, Obama falou sobre algumas polêmicas envolvendo suas políticas públicas, incluindo as decisões de companhias de seguros de saúde restringirem pessoas com histórico de doença e a redução de incentivos fiscais para investimentos de altos valores. Em seu discurso o presidente buscou sempre associar suas decisões políticas a um sentido moral adotado por causa da sua fé.

“Quando eu falo responsabilidade compartilhada é porque eu realmente acredito que em um momento em que muitas pessoas estão lutando, num momento em que temos enormes déficits, é difícil para mim pedir empréstimos a idosos de renda fixa, jovens estudantes, ou famílias de classe média que mal conseguem pagar as contas sozinhos”, afirmou Obama.

“E eu penso comigo, se eu estou disposto a abrir mão de algo como alguém que tem sido extraordinariamente bem-aventurado, e desistir de alguns dos benefícios fiscais, eu realmente acho que isso vai fazer diferença na economia”, completou o presidente, que finalizou dizendo: “Mas para mim, como cristão, também coincide com o ensino de Jesus, que diz que ‘para quem muito é dado, muito será exigido”.

Obama citou a Bíblia também falando sobre as mudanças implementadas pela política econômica adotada em seu governo: “faço isso porque sei que os países vizinhos foram feridos e tratados de forma injusta nos últimos anos, e acredito na ordem de Deus para ‘amar o próximo como a ti mesmo’”.

Além de citar a bíblia o presidente tentou agradar também adeptos de outras religiões, ele mencionou as palavras “Islã” ou “islâmico” três vezes, “judaísmo” ou “judeus” três vezes, e “hinduísmo” uma vez, de acordo com o The Christian Post.

O Pastor Joel C. Hunter, conselheiro espiritual de Obama, falou sobre o discurso do presidente, que atrelou sua fé a suas decisões políticas: “Ele fez vários comentários de que isso não só faz sentido econômico, mas também faz sentido moral. Então ele se certificou de que entendemos que era uma extensão de sua própria fé cristã”, disse Hunter, que é pastor sênior da Northland, uma Igreja perto de Orlando.

“Ele está tentando fazer conexões entre o que está realmente acontecendo na esfera de decisão política e a fé. Então, ele está dizendo que essas políticas que estamos fazendo não é apenas uma questão de negócios, mas também uma questão do que a nossa fé nos disse para fazer”, concluiu o conselheiro espiritual do presidente.

Fonte: Gospel+

Testemunhas de Jeová são acusadas de discriminação religiosa contra ex-membros, pelo Ministério Público Federal

O Ministério Público Federal (MPF) no Ceará entrou com recurso contra a decisão da Justiça Federal que extinguiu, sem julgamento, um processo movido contra as associações que representam as Testemunhas de Jeová no Ceará e no Brasil. A entidade religiosa é acusada de prática de discriminação religiosa e social.

De acordo com a procuradora da República Nilce Cunha Rodrigues, autora da ação, os membros da congregação são incentivados a não se relacionarem com desassociados e dissociados, mesmo que sejam familiares, sob pena de também serem expulso da organização religiosa.

Segundo o site Consultor Jurídico a ação civil pública foi ajuizada contra a “Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados e Associação Bíblica e Cultural de Fortaleza”.

A decisão da Justiça Federal, que está sendo contestada, havia cancelado a ação inicial alegando que a discriminação alegada se trataria de “livre exercício de culto religioso”. Porém, a apelação movida pelo Ministério Público afirma que a decisão fere o direito constitucional dos ex-membros à convivência familiar e social com amigos e conhecidos, ainda que a pessoa tenha deixado de pertencer à dita organização religiosa.

A ação movida pelo MPF, que tramita 8ª Vara Federal da Seção Judiciária do Ceará, afirma defender “a liberdade de alguém ingressar e se desligar de uma congregação religiosa sem sofrer qualquer punição e tampouco ser satanizado para que os amigos e familiares dele se afastem e o ignorem”.
O processo pede que as entidades ligadas à “Associação Torre de Vigia” se abstenham de expedir e divulgar, no Brasil, orientações ou comunicados doutrinários que digam respeito à forma de tratar com discriminação os desassociados e dissociados, no sentido de fomentar a total exclusão da convivência familiar e com amigos que permanecem congregados.

Fonte: Gospel+

25 janeiro, 2012

Jovens evangelizam em cima de mesas na praça de alimentação de shopping

MISSAO 1 – LOUCOS POR JESUS – GOIANIA SHOPPING

Jovens pregam em cima de Mesas de Praça de alimentação de Shopping em Goiânia.[ Unidos na Web ]

O jovem subiu na mesa, no meio da praça de alimentação de um grande shopping e começou a evangelizar com um megafone, ao final eles pedem aplausos para Jesus, e muitos da praça correspondem a iniciativa.

Confira o vídeo:

 


Britney Spears quer virar pastora de igreja após turnê

A cantora Britney Spears surpreendeu a família e os fãs ao anunciar que pretende virar pastora da Igreja Batista depois que finalizar a turnê The Circus Starring, com shows marcados nos Estados Unidos e Europa.

 Os pais de Britney, no entanto, acham que ela logo vai desistir dessa idéia.
Britney Spears quer virar pastora de igreja após turnê

“Ela espera que isso melhore sua vida espiritual e a faça ajudar as pessoas que já passaram por crises como as dela”, disse uma fonte à revista Star.

Se a cantora resolver seguir com seus planos, ela vai ter que mudar, pelo menos um pouco, seu jeito nos próximos meses. No show Circus, além de fazer um trocadilho obsceno na música If You Seek Amy e encarnar uma stripper, Britney também faz referência a masturbação na canção The Touch of My Hand, práticas condenadas pela Igreja Batista.

Fonte: Redação Terra
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...